x
  • Olá, o que deseja buscar?

Notícias atualize-se e recomende!

Caso Joaquim: habeas corpus de padrasto é indeferido liminarmente 06/06/2014

Nos painéis apresentados na tarde desta quinta-feira (5) no I Seminário “Planejamento Estratégico Sustentável do Poder Judiciário”, vários projetos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) mostraram porque o Tribunal da Cidadania venceu a categoria de Inovação na Gestão Pública no 5º Prêmio Melhores Práticas da A3P.

A assessora de Modernização e Gestão Estratégica do STJ, Kleyce Oliveira, afirmou em sua palestra que o tribunal tem feito um grande esforço para coletar e divulgar dados sobre projetos ambientais.

“Essas informações facilitam o trabalho dos gestores e permitem uma visão clara dos resultados e dos indicadores de cada setor”, explicou. A assessora também frisou que são consolidados relatórios trimestrais de cada área e que as práticas de gestão sustentável e iniciativas ambientais são parte do alinhamento estratégico do tribunal.

Compras sustentáveis

O tema “Responsabilidade Socioambiental no STJ” foi apresentado pela coordenadora do Programa de Responsabilidade Socioambiental, Ketlin Feitosa. Ela explicou que no STJ há uma grande preocupação em usar o orçamento com mais racionalidade, evitando gastos desnecessários: “É uma preocupação do poder público, e o STJ é um dos pioneiros nessa iniciativa.”

A coordenadora apontou como exemplo a compra de suprimentos que sejam mais fáceis de reciclar ou que sejam feitos de materiais reciclados. “As compras do setor público representam quase 10% do PIB. A atenção ao pré e ao pós-consumo podem ter um grande impacto ambiental”, alertou.

O secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do STJ, Leonardo Alam da Costa, destacou os esforços que o tribunal tem feito para usar novas tecnologias e contribuir com o meio ambiente. Ele disse que o STJ faz compras de equipamentos de informática com a preocupação de um descarte seguro. “Hoje a obsolescência de computadores é muito rápida, temos que ter cuidado para adquirir equipamentos adequados”, completou.